Como a Empatia Pode Beneficiar a Comunicação?

O que é empatia? É a capacidade que uma pessoa tem de assimilar o sentimento de outra, colocando-se no lugar dela.

Ela é uma característica importante para a comunicação interpessoal, possibilitando um contato mais próximo entre os interlocutores e transformando a maneira de se relacionar.

Para o escritor norte-americano Stephen R. Covey, a empatia é a forma mais rápida de comunicação, porque cria uma conexão verdadeira entre as pessoas e gera confiança no relacionamento, o que possibilita ganhos para as organizações.

Desenvolvendo Empatia


Nessa perspectiva, a empatia deve ser incansavelmente exercitada. As pessoas precisam esvaziar a mente e ouvir o próximo com atenção, sem buscar respostas prontas.

Em seguida, devem se identificar com as emoções do outro, por meio de suas palavras, gestos e fisionomias.

Para estabelecer uma verdadeira conexão com o interlocutor, é necessário refletir de maneira respeitosa sobre seus sentimentos e palavras.

Isso significa que, se um funcionário aparentemente frustrado se queixa de determinada situação na empresa, um líder empático certamente lhe diz que percebeu sua frustração e seus motivos. Com isso, o colaborador se sentirá ouvido.

Ser empático, entretanto, não é dizer apenas o que o outro quer ouvir. Você se compromete a ouvir sua perspectiva, respeitar, compreender e refletir sentimentos e palavras da outra pessoa, mas não é obrigado a concordar com sua opinião para parecer simpático.

O ideal é interagir sem pré-julgamentos e mantendo o autocontrole, colocando-se no lugar do outro para compreendê-lo.

Empatia e Inteligência Emocional


A prática da empatia é importante para a convivência saudável e harmoniosa entre as pessoas, considerada a verdadeira inteligência emocional em uso, essencial para o sucesso nos relacionamentos pessoais e profissionais.

Quem tem empatia não precisa ser fã de ninguém, mas deve respeitar o próximo como ser humano de valor, assim como gosta de ser respeitado.

WhatsApp